4 de nov de 2014

Resenha: Um Porto Seguro - Nicholas Sparks

(Foto retirada do Google)

Sinopse...

Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas... e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.


Minhas palavras....

Kate era uma mulher normal e casada como qualquer outra, exceto por algo chocante em relação ao seu casamento, as constantes violências que sofria do marido. Cansada, ela foge e encontra em Southport um lugar perfeito para recomeçar sua vida, distante de tudo e onde ninguém a conhecia e nem sabia de seu passado. No inicio Kate se mantem discreta e reservada, evitando contatos e amizades, porém a mudança de Jo, uma mulher muito decidida e, no fundo, misteriosa para a casa a frente da sua e a aproximação de Alex, dono da mercearia da região, irá fazer Kate quebrar completamente essa barreira e assim, finalmente, tentar afastar seu medo e finalmente reiniciar sua vida. Porém quando tudo está tudo perfeitamente no caminho certo seu medo é posto bem a sua frente e tudo que ela temeu volta a tona.
Kate irá ver como o amor pode quebrar facilmente as barreiras do medo e vencer as dificuldades impostas pela vida e que destino, talvez, não seja apenas uma palavra qualquer.


                                                                                      (Foto retirada do Tumblr)

Nicholas Sparks é aqueles autores que eu admiro porém leio praticamente, nunca os livros dele. Um porto seguro foi o terceiro da minha lista e sinceramente? Continuo na mesma, histórias lindas, escrita cansativa. Por mais que a riqueza em detalhes que o Nicholas coloca na história sejam ótimas para criar um realismo enorme nas cenas, torna o livro longo (desnecessariamente, em partes falando) e cansativo. 
''Mas então você não gostou?'' Ok, agora entra a minha ENORME bipolaridade literária, eu adorei. A história trata um tema um tanto polêmico, a violência contra a mulher, e além de mostrar o lado da agredida, como ela se sente acuada e sem saída frente as violências do marido, ele mostra de uma forma que, particularmente eu fiquei de boca aberta, o lado do agressor. Kevin é um completo maluco sabem? Psicopata, e o Nicholas nos faz entrar na mente dele e ver tão bem como é a cabeça desse tipo de agressor. Os pensamentos atropelados, as paranoias criadas por ele mesmo, tudo, tudo deu uma realidade linda ao livro, por mais que seja cansativo eu posso mudar meu discurso que usei em Uma Longa Jornada, pois Uma Longa Jornada eu mudei meu contexto do livro por conta do final (liendo). Um porto seguro não, a história inteira valeu a pena, cansativo sim, mas não me arrependo nunca das duas semanas lerdas que fiquei lendo ele.
Agora já que cogitei a palavra ''final'' vou relatar um pouco da minha reação sobre o final desse livro, bom, eu quase cai do sofá! É sério, Nicholas cria um segredo na história que ao final quando eu li e desobri o que era, fiquei de cabelos em pé.
Enfim, é uma linda história e que vale muito a pena ler, Nicholas pode ser mimimi demais, cansativo, mas a história é boa.


Livro x Filme 

Um bônus que vou fazer, sou uma critica chata sobre as adaptações dos livros ainda mais quando eu gosto.
Eu gostei do filme também assim como do livro, mas é algo atropelado, a história, é como se eles quisessem por tudo em curtos momentos. Enfim, alguns fatos estão distorcidos e muitas cenas acontecem bem diferentes do livro.
Resumindo: O filme é 80% diferente do livro! Mas não deixa de ser lindo, e é claro, tem aqueles fatos menores que eu com certeza não ia entender se não fosse o livro porque sou um tanto lerdinha!

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Oi Gabi! Realmente, muitos filmes não ficam tão fiéis aos livros, mas isso seria quase que impossível. Duro é ter que escolher qual ficou melhor hahahaha. Mas acho que sempre os livros ganharão e serão melhores do que os filmes.. justamente pela riqueza em detalhes.

    Também sou lerdinha para entender algumas coisas.. ainda bem que alguns filmes tem livros! hahahaha. Adorei a postagem!

    Ah, estou seguindo seu blog! =)

    www.princesadachina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii Thais! Entao, eu tambem acho isso mas o que me incomodou nesse filme é que eles distorceram uma boa parte de acontecimentos que podiam ter sido fieis ao livro!
      E obrigada, mas o blog nao é bem meu kkkkk eu faço resenha toda terça aqui, o blog era da Claudia ;**

      Excluir

Tecnologia do Blogger.

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©